Pele oleosa, e agora?!


Se te identificas com a foto acima é porque tens tendência a ter pele oleosa, mais precisamente uma pele mista. É comum, eu tenho e se tens não te preocupes que há sempre uma solução.

Existem duas maneiras de "combater" a oleosidade, afinal de contas, ninguém quer parecer que tem uma frigideira pronta a fazer um ovo estrelado, certo?


O primeiro método é o mais aconselhável para quem realmente quer controlar e, para tal, temos de recorrer a cremes. Protectores solares, cremes hidratantes devem ser todos oil-free ou matificantes. Este ajudam a secar a pele e retira aquele brilho que fica na pele. Ainda mais importante é limpar bem o rosto à noite e aplicar o hidratante, pois é durante a noite que a nossa pele absorve mais produto. Para lavar a cara usa água, bastante água e além disso, usa um gel para lavar ou água micelar, como eu uso, e em seguida aplicar o creme. Fazer esfoliação uma vez por semana também pode ser bom, mas aconselha-te primeiro sobre qual esfoliante usar.

O segundo método é com maquilhagem - mas atenção, isto não substitui uma boa limpeza à pele. O mais indicado para quem tem pele mista/oleosa é o uso de bases oil-free/matificantes. Eu neste momento uso a base da catrice All Matt Plus e esta custa à volta dos 8/9€, não é muito cara, têm vários tons e podes encontrar na Wells ou na Maquillalia. Compraste uma base qualquer e não sabes se é matte ou simplesmente não o é? Bem, tudo se resolve! Em primeiro, todas as bases matificantes dizem que são matte e se não tiver esta informação, é porque não é. Mas não precisas de deitar fora, basta teres um pó compacto com cor ou translúcido e ir aplicando ao longo do dia. Até podes aplicar se a base for matificante, pois ajuda a durar mais tempo.
O uso de primer também pode ser bom em qualquer das bases, pois matifica e uniformiza a pele e deixa-a pronta a receber a base.

Por último, tira sempre bem a maquilhagem e limpa sempre muito bem a pele, é fundamental. Ir para a cama com maquilhagem é o pior erro que podemos cometer

Sem comentários:

Enviar um comentário